Home»Agenda Cultural»Sinfônica abre a temporada, em março, com a 9ª Sinfonia de Beethoven

Sinfônica abre a temporada, em março, com a 9ª Sinfonia de Beethoven

0
Shares
Pinterest Google+

No repertório, o público também poderá apreciar o dueto de Ceci e Peri, “Sento una forza indomita”, de O Guarani, do compositor campineiro Carlos Gomes (1836-1896)

Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas – Foto: Arquivo/PMC

“Meu caro Luís, que vens fazer nesta hora/de antimúsica pelo mundo afora?”, pergunta Drummond no poema “Beethoven”. A resposta está na sonoridade das orquestras do mundo inteiro que celebram, em 2020, os 250 anos de nascimento do genial e revolucionário compositor Ludwig van Beethoven (1770-1827).


Na rota das homenagens, a Sinfônica de Campinas inicia a temporada artística com a monumental Sinfonia nº 9, escrita quando Beethoven já estava totalmente surdo, e especialmente famosa por seu movimento final, que reúne coro e solistas na interpretação dos versos da Ode à Alegria, de Friedrich Schiller.


Os concertos, com entrada gratuita, acontecem no sábado, 7 de março, às 20h, no Teatro Castro Mendes, e no domingo, 8 de março, às 18h, na Concha Acústica do Taquaral.


As apresentações, sob a batuta do maestro Victor Hugo Toro, reúnem os solistas Luciana Melamed (soprano), Mere Oliveira (mezzo-soprano), Hélenes Lopes (tenor), Igor Vieira (barítono) e os grupos Madrigal Vivace (regente, Vastí Atique), Collegium Vocale Campinas (regente, Akira Kawamoto), Coro Contemporâneo de Campinas (regente, Angelo Fernandes).


No repertório, o público também poderá apreciar o dueto de Ceci e Peri, “Sento una forza indomita”, de O Guarani, do compositor campineiro Carlos Gomes (1836-1896). A ópera completa 150 anos de sua estreia, no Teatro Alla Scalla de Milão, na Itália.


“Nesta data em que se comemora os 250 anos de um dos maiores criadores da história, nos unimos às melhores orquestras do mundo para essa celebração. E começamos com a Nona Sinfonia, que é uma peça que vai além da sua qualidade artística. É uma obra que virou patrimônio da humanidade, que fala para todos os homens em todas as línguas independentes do credo, da religião, da cidadania, da linguagem”, destaca o maestro Victor Hugo Toro.


“No programa”, prossegue, “também apresentaremos o famoso dueto final do primeiro ato de O Guarani, em razão de outra efeméride importante, os 150 anos da estreia da ópera O Guarani, em Milão, na Itália. É uma obra reconhecida mundialmente na cultura operística”.

Programa
CARLOS GOMES
Il Guarany, dueto Sento una forza indomita
LUDWIG VAN BEETHOVEN
Sinfonia nº 9, em Ré menor, Op. 125 (Choral)

Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas

Serviço
Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas
Abertura da Temporada 2020
Quando: sábado, 07/03, 20h
Local: Teatro Castro Mendes ( Praça Correa de Lemos, s/n. Vila Industrial. Campinas). Entrada gratuita. Retirada de ingressos 1h antes da apresentação.
Quando: domingo, 08/03, 18h
Local: Concha Acústica do Taquaral – Parque Taquaral (Av. Dr. Heitor Penteado, s/n – Parque Taquaral, Campinas).
Para ambos os concertos, doação voluntária de 1kg de alimento.

Previous post

Projeto Sirius se prepara para inaugurar estações de pesquisa

Next post

Censo 2020 abre 200 mil vagas para agentes em todo o país

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *