0
Compartilhamentos
Pinterest Google+
Danilo Caymmi faz apresentação única no sábado, 6 de julho – Foto: Armando Paiva/Divulgação

O cantor e compositor Danilo Caymmi  traz a Campinas o show “Viva Caymmi” em apresentação única no Teatro Castro Mendes,  no sábado, 6 de julho, às 21h.

Idealizado por Danilo, em parceria com o diretor musical Flávio Mendes e o ator Nilson Raman, além de canções do músico baiano, o show inclui histórias do patriarca do clã Caymmi, que, se vivo fosse, estaria completando 105 anos. No repertório estão clássicos da música brasileira, como “A Lenda do Abaeté”, “Saudade de Itapoã”, “O que é que a baiana tem”, entre outras. 

“Viva Caymmi” tem sua base estruturada em storytelling, especialidade do ator Nilson Raman, que, nos últimos 20 anos, foi idealizador e mestre de cerimônias dos espetáculos da atriz Bibi Ferreira e já contou histórias de Édith Piaf, Amália Rodrigues, Carlos Gardel e Frank Sinatra. A pesquisa de texto e a direção musical são do músico Flávio Mendes, parceiro de muitos anos de Danilo.

Em 60 anos de carreira, Dorival Caymmi (1914-2008) compôs sobre os hábitos, costumes e tradições do povo baiano. Foram mais de 20 discos gravados. Reza a lenda que Dorival Caymmi levava mais de dez anos compondo cada canção. Em 2005, Chico Buarque declarou que “todo mundo consegue fazer uma música à moda de Tom, Vinícius, mas ‘à lá Caymmi’ é impossível”.

Danilo Caymmi é o caçula da família, que inclui Nana e Dory. Danilo, pai da cantora Alice Caymmi, é flautista, fez parte da banda de Tom Jobim e ficou conhecido quando conquistou o terceiro lugar no Festival Internacional da Canção em 1968, com a composição “Andança”, parceria com Paulinho Tapajós e Edmundo Souto.

Repertório

1. Promessa de Pescador/Noite de Temporal de Pescador (Dorival Caymmi)

2. A Preta do Acarajé / História pro Sinhozinho (Dorival Caymmi)

3. A Jangada voltou só , O Vento, A Lenda do Abaeté, Saudade de Itapoã, Pescaria, O Mar (Dorival Caymmi)

4. Peguei um Ita no Norte (Dorival Caymmi)

5. O que é que a Baiana Tem (Dorival Caymmi)

6. O samba da minha terra / Vatapá /Acontece que eu sou Baiano (Dorival Caymmi)

7. É doce morrer no mar / Modinha para Tereza Batista/Canto de Obá (Dorival Caymmi e Jorge Amado)

8. Dora (Dorival Caymmi)

9. Marina /Nem Eu (Dorival Caymmi)

10. Sábado em Copacabana (Dorival Caymmi)

11. João Valentão (Dorival Caymmi)

12. Maracangalha (Dorival Caymmi)

13. Rosa Morena (Dorival Caymmi)

14. Das Rosas/ Saudade da Bahia (Dorival Caymmi)

15. Introdução de Samba do Avião (Tom Jobim)/Samba do Avião (Jobim)

17. Caminhos do Mar (Danilo Caymmi e Dudu Falcão)

18. Para Falar de Tereza ( Danilo Caymmi)

19. Sargaço Mar (Dorival Caymmi)

20. Canção da Partida (Dorival Caymmi)

21. Retirantes (Dorival Caymmi e Jorge Amado)

Show  “Viva Caymmi”

Quando: sábado, 6 de julho, às 21h.

Onde: Teatro Castro Mendes (Praça Correa de Lemos, s/n. Vila Industrial. Campinas).

Ingressos: R$ 120,00 (inteira) e R$ 60,00 (meia entrada).

Classificação: 12 anos.

Post Anterior

Aneel define bandeira amarela nas contas de energia de julho

Próximo Post

Prefeitura mantém serviços essenciais no final de semana prolongado

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *