0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

As obras de revitalização do Centro de Convivência Cultural de Campinas devem ser iniciadas a partir de 2019

Orçada em quase R$ 41 milhões, a reforma tem prazo de execução de 24 meses – Foto: Carlos Bassan

As obras de revitalização do Centro de Convivência Cultural de Campinas devem ser iniciadas a partir de 2019. Esperada há anos na cidade, a obra pode sair do papel com a publicação, sexta-feira, no Diário Oficial do Município da autorização para a concorrência pública para contratação da empresa que fará a reforma.

O edital de licitação, já com o detalhamento da obra e o projeto executivo, deve ser publicado em 9 de janeiro.

Centro de Convivência Cultural – Foto: Renato César Pereira/Direitos reservados

A previsão é que em 12 de fevereiro seja feita a disputa entre as empresas que se interessarem pela obra, com a apresentação das propostas. Orçada em quase R$ 41 milhões, a reforma tem prazo de execução de 24 meses.

“Depois de revitalizar a Glicério, recuperar a Concha Acústica e a Caravela, na Lagoa do Taquaral, a Pedreira do Chapadão, e o Lago do Café, com a restauração da Casa de Vidro e o Museu do Café, agora chegou a vez do Centro de Convivência”, comemora o prefeito Jonas Donizette (PSB).

Ele lembra que ao mesmo tempo que vai gerar empregos e valorizar a área, o local volta a ser um centro de cultura para a cidade.

Centro de Convivência Cultural de Campinas

Marco histórico

 

O Centro de Convivência Cultural de Campinas (CCCC) faz parte da história da cidade desde 9 de setembro de 1976, quando foi inaugurado. Fica na Praça Imprensa Fluminense e tem projeto original do arquiteto Fábio Penteado.

 

A área total do teatro do Centro de Convivência é de cerca de 6,3 mil metros quadrados, sendo aproximadamente 4 mil de área externa (teatro de arena) e 2 mil de área interna (sala de espetáculo e galeria).

O espaço já foi palco para grandes apresentações, peças teatrais e shows com artistas de projeção nacional e internacional.

 

Desde a inauguração, o teatro de arena e o teatro interno nunca passaram por uma reforma completa e estrutural como a que será realizada por meio do convênio com o governo do Estado.

 

Centro de Convivência Cultural – Foto: Renato César Pereira/Direitos reservados
Post Anterior

Bandeira tarifária em janeiro será verde, sem cobrança de tarifa extra

Próximo Post

Termômetro e medidor de pressão com mercúrio serão proibidos em 2019

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *