Home»Agenda Cultural»Solo do Cupinzeiro é apresentado no Progen nesta quarta-feira

Solo do Cupinzeiro é apresentado no Progen nesta quarta-feira

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+
Edu de Maria, fundador do Núcleo Cultural Cupinzeiro – Foto: Roniel Felipe/Divulgação

O artista Edu de Maria, fundador do Núcleo Cultural Cupinzeiro, levará o seu mais recente espetáculo: Uji – O Bom da Roda ao Projeto Gente Nova (Progen). A apresentação está marcada para a próxima quarta (17), às 19h, na unidade da instituição localizada na Vila Castelo Branco. A entrada é gratuita.

Contemplado pelo Fundo de Investimentos Culturais de Campinas (FICC), na categoria Produção e Circulação de Espetáculo Inédito, o espetáculo traz à cena, em companhia de Edu de Maria, os músicos Anabela Leandro, Roberto Amaral e Xeina Barros, sob a direção de Ana Cristina Colla, atriz-pesquisadora do Lume Teatro.

A história

A história não é linear. O ponto de partida do espetáculo está relacionado à chegada de Cícero, um jovem trabalhador urbano e com antepassado marcado pelos batuques, no pedaço. “Aos poucos, ele vai se deparando com memórias e vai apresentando-as ao público. A partir dessas lembranças, surgem outros personagens, como a sambadeira, que representa as várias sambadeiras que me encontrei no Recôncavo Baiano, e um sambador, que para ele é um avô, mas que se configura nos velhos mestres, que tocam, compõem e cantam nas rodas. Essas três figuras são as responsáveis por costurar a trajetória do espetáculo”. Contudo, a fim de trazer novo toque de mistério à trama, o próprio intérprete desfila sobre os olhos da plateia memórias afetivas de uma infância musical.

O Artista

Fundador do Núcleo Cultural Cupinzeiro, o multiartista Edu de Maria tem graduação em música popular, mestrado em educação e doutorado em artes pela Unicamp. De 15 anos para cá, tem atuado de forma bem-sucedida como compositor (sambas e trilhas), violonista, intérprete e arranjador, participando de temporadas em várias partes do Brasil, além de EUA, Portugal, França, Argentina e Uruguai. A partir dessas habilidades, assinou a gravação dos discos Núcleo Cupinzeiro (2008), Histórias do Samba Paulista (2009), Cidade das Noites e Pé de Vento (2011), bem como dos DVDs Experiência Cultural na Roda (2011) e Marejante (2016). O engajamento na pesquisa do samba rendeu-lhe diversos prêmios, entre os quais Prêmio Estímulo de Música (2007), Prêmio de Intercâmbio e Difusão Cultural do Ministério da Cultura (2007), Medalha Carlos Gomes, ProAC (2009) e PROEXT Cultura (2010).

A unidade do Progen na Vila Castelo Branco fica na Rua Castelnuovo, 699, na Vila Castelo Branco, em Campinas. Informações: (19) 3269-6088.

Post Anterior

Centrais públicas têm 8.073 vagas no estado

Próximo Post

Torre do Castelo recebe 2ª edição de balada flashback no sábado, dia 20

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *