Home»Cotidiano»Cidades»Campanha de Vacinação contra Raiva começa neste fim de semana

Campanha de Vacinação contra Raiva começa neste fim de semana

1
Compartilhamentos
Pinterest Google+
O último caso de raiva humana em Campinas foi registrado em 1981 – Foto: Arquivo/Agência Brasil

A Secretaria de Saúde de Campinas inicia neste final de semana – sábado, 22 de setembro, e domingo, dia 23 – a Campanha de Vacinação contra a Raiva. Nestes dias as vacinas serão aplicadas em cães e gatos com mais de 3 meses de idade em postos distribuídos nas regiões Leste e Sul. Os animais das regiões Noroeste, Norte e Sudoeste receberão as doses em 29 e 30 de setembro.

Durante os dois finais de semana serão disponibilizados 320 postos (fixos e volantes) para a população. As datas, horários e endereços podem ser consultados no site da Prefeitura (http://www.saude.campinas.sp.gov.br/saude/eventos/eventos_2018/Anti_Rabica_2018_postos.pdf) ou pelo telefone 156.

É muito importante que cães e gatos sejam vacinados anualmente contra a raiva. Essa é uma medida de cuidado com os animais e com as pessoas que convivem com eles. Em 2017 foram vacinados cerca de 73 mil cães e 15 mil gatos. Devido à importância do morcego no ciclo urbano de transmissão da raiva, espera-se minimamente atingir essa cobertura de animais vacinados e, desse modo, protegê-los caso entrem em contato com algum morcego infectado pelo vírus da raiva, uma doença letal”, explica a coordenadora da Unidade de Vigilância em Saúde (UVZ), Elen Fagundes.

Ela afirma que todos os anos Campinas registra casos de morcegos infectados pelo vírus da raiva na área urbana.

A vacina é segura e gratuita. É recomendada, também, para os animais que não saem de casa, pois os morcegos podem entrar em contato com eles dentro dos imóveis.

A Secretaria de Saúde recomenda que os cães sejam levados com guia e coleira. É indicado que cães de grande porte estejam com enforcador e sejam conduzidos sempre por um adulto. Os gatos devem ser transportados em uma caixa adequada, pois podem ficar assustados e fugir.

Casos

O último caso de raiva humana em Campinas foi registrado em 1981. Desde então, têm sido detectados, na área urbana do município, casos de raiva em morcegos e em animais domésticos de estimação, infectados por morcegos.

Nos últimos anos, a cidade registrou um caso de raiva canina, em 2015, e dois casos em felinos (em 2014 e 2016). Por meio de exames laboratoriais foi verificado que estes animais foram infectados por vírus transmitidos por morcegos.

Post Anterior

Receita Federal realiza leilão de itens apreendidos no Aeroporto Internacional de Viracopos

Próximo Post

Setor de serviços abre 66 mil vagas em agosto

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *