Home»Acontece»Maestro Cristóbal Urrutia del Río rege Sinfônica no fim de semana

Maestro Cristóbal Urrutia del Río rege Sinfônica no fim de semana

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Sob a batuta do maestro convidado Cristóbal Urrutia del Río, a Sinfônica de Campinas se apresenta neste fim de semana, no sábado, 15, às 20h, e no domingo, 16, às 11h, no Teatro Castro Mendes. No repertório, do barroco ao clássico, com obras de Carl Philipp Emanuel Bach (1714-1788) – filho o genial J. S. Bach e um dos músicos mais celebrados e influentes de seu tempo; Jean-Philippe Rameau (1683-1764) – considerado o principal compositor francês do século 18; e Joseph Haydn (1732-1809) – o primeiro nome da tríade da produção clássica, seguido por Mozart e Beethoven, e autor de vasta obra.

Maestro convidado

O chileno Cristobal Urrutia del Río, convidado dos próximos concertos, é regente, violinista e violista especialista em música antiga na Holanda e Bélgica. Como maestro tem trabalhado habitualmente com a Orquestra de Câmara do Chile, a Orquestra Clássica da Universidade de Santiago e a Orquestra Sinfônica de Concepcion, incluindo também produções de ópera. Atua em diversas orquestras jovens em projetos de introdução à interpretação no Chile, patrocinados pela Fundação Andes, Fundação de Orquestras Jovens e de Crianças, Ministério de Relações Exteriores e o Conselho Nacional da Cultura e as Artes do Chile.

Começou seus estudos de violino com Osvaldo Urrutia, Manuel Bravo e Jaime de la Jara. Entre 1996 e 2000 foi bolsista da Fundação Andes. Obteve o título em violino da Columbus College (Georgia, EEUU) como aluno de Patricio Cobos, e violino barroco nos conservatórios reais da Haia (Holanda) e Bruxelas (Bélgica), como aluno de Ryo Terakado y Sigiswald Kuijken.

Como violinista e violista barroco tocou em algumas das mais prestigiadas orquestras barrocas europeias como La Petite Bande, Il Complesso Barocco, Il Fondamento e o Ricercar Consort e participou em diversas gravações para selos como Deutsche Grammophon (Archiv), Hyperion e Deutsche Harmonia Mundi.

Programa

Carl Philipp Emanuel Bach (1714-1788)

Sinfonia em Ré Maior, Wq 183/1

Jean-Philippe Rameau (1683-1764)

Suíte instrumental da ópera “Dardanus”

Joseph Haydn (1732-1809)

Sinfonia n.º 104 em Ré Maior, Hob 1/104

Serviço

Orquestra Sinfônica de Campinas

Cristóbal Urrutia del Río, regente

Quando: 15/9, sábado, às 20h; 16/9, domingo, às 11h.

Onde: Teatro Castro Mendes (Praça Corrêa de Lemos,s/nº, Vila Industrial. Campinas). Telefone (19) 3272-9359.

Ingressos: sábado – R$ 30,00 (inteira), R$ 15,00 (estudantes, aposentados), R$ 10,00 (professores das escolas públicas e privadas de Campinas e das cidades da Região Metropolitana, pessoas com mobilidade reduzida e portadores de deficiências), R$ 5,00 (estudantes das redes municipal e estadual).

Valor promocional aos domingos: R$ 6,00 (inteira), R$ 3,00 (meia entrada); R$ 2,00 (professores das escolas públicas e privadas de Campinas e das cidades da Região Metropolitana, pessoas com mobilidade reduzida e portadores de deficiências); R$ 1,00 (estudantes das redes municipal e estadual).

Post Anterior

Emdec reforça presença nas redes sociais e facilita acesso às informações

Próximo Post

Campanha vai usar redes sociais para prevenir suicídio

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *