Home»Cotidiano»Desafio Unicamp 2018 começa com a participação de mais de 50 equipes

Desafio Unicamp 2018 começa com a participação de mais de 50 equipes

0
Shares
Pinterest Google+

Início da competição anual de empreendedorismo da Universidade Estadual de Campinas reúne cerca de 300 inscritos

Evento da Unicamp chegou à 8ª edição com a marca de mais de 2 mil pessoas capacitadas em modelos de negócio – Foto: Divulgação/Inova Unicamp

A largada para a principal competição de empreendedorismo da Universidade Estadual de Campinas, o Desafio Unicamp, foi dada no último sábado (14), durante o Workshop sobre a ferramenta Lean Canvas, voltada à administração de startups. Cerca de 300 participantes, entre as mais de 50 equipes inscritas, participaram de palestras e sessões de mentorias para montar o primeiro modelo de negócios, pensado especialmente para um programa de computador desenvolvido na instituição.

Realizado anualmente pela Agência de Inovação Inova Unicamp, o evento chegou à 8ª edição com a marca de mais de 2 mil pessoas capacitadas em modelos de negócio. “Para quem vem da área técnica, esse contato com o empreendedorismo nos faz abrir a mente para pensar novos projetos. Por isso, participar de iniciativas como esta é vital e muito inspirador para nós”, avalia Priscila Efraim, pesquisadora da Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA) e participante do Desafio Unicamp 2018, com a equipe Confeitos.

A cientista é responsável pela tecnologia que está utilizando como base para o modelo de negócios e pretende aliar o conhecimento técnico aos novos conceitos de empreendedorismo que adquiriu durante o workshop.

Equipes

Henrique Rodrigues e Frederico Rosa são membros da equipe Arguinaldinhos e desenvolvem um modelo de negócios para a tecnologia que permite reduzir o consumo de energia elétrica pelo uso de ar condicionado. Assim como Priscila Efraim, eles também tiveram o primeiro contato com o universo de empreendedorismo nesta edição da competição.

“Estou gostando muito. Achei muito interessante a possibilidade de empreender, mas nunca tinha tido uma ideia para montar um negócio. E o mais legal de tudo é que, com o Desafio Unicamp, podemos utilizar uma tecnologia da universidade para empreender”, aponta Henrique Rodrigues.

Já Frederico Rosa ressalta que as palestras, somadas às sessões de mentorias rápidas, com a participação de mentores do ecossistema empreendedor, dão um gás a mais para quem quer ter seu próprio negócio. “As palestras foram inspiradoras e essa parte mais mão na massa nos motivou muito”, completa.

As apresentações foram a base para a capacitação dos novos empreendedores e abordaram de dicas de como montar um modelo de negócios robusto aos exemplos de empresários. Marcelo Nakagawa, professor de empreendedorismo e inovação do Insper, foi o responsável por apresentar a metodologia Lean Canvas aos presentes.

Validação

Entre os pontos altos da palestra, o docente explicou a necessidade de validar o modelo de negócios com os potenciais clientes. Só assim o empreendedor saberá se a solução é viável ou não para o mercado. “O empresário enxerga o seu negócio como uma mãe vê seu filho. Toda mãe acha que seu filho é bonito, mas é necessário que o mercado mostre se o negócio é ou não relevante”, revela.

A gerente de Comunicação da Inova Unicamp, Vanessa Sensato Russano, apresentou as regras do jogo e explicou as próximas etapas da competição. Ela destacou que a entrega da primeira versão do projeto está agendada para o dia 6 de maio.

Depois da avaliação, os 30 melhores trabalhos continuam apoiados por mentores de mercado, selecionados entre a rede de networking da Inova Unicamp. Vanessa avalia que vale a pena para as equipes colocarem bastante energia desde o início do projeto. “Os dez trabalhos melhor avaliados terão a oportunidade de passar por coaching com nosso convidado internacional, Domenico Greco, italiano entusiasta do movimento de startups e especialista em aceleração lean e open innovation”, explica.

Sobre a iniciativa

O Desafio Unicamp é uma competição de empreendedorismo baseada em tecnologias da Unicamp. São patrocinadores desta edição a Clarke, Modet &Co, a FM2S Consultoria, a Baita Aceleradora e a Cervejaria Ambev.

A iniciativa conta com o apoio da Rede Global do Empreendedorismo Campinas, da Venture HUB, do Founder Institute, da Incamp e da Liga Empreendedora, da Anjos do Brasil, da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha, do Núcleo de Empresas Juniores da Unicamp, da Associação Campinas Startups e do CIESP Campinas.

Previous post

Música intensifica efeito de medicamentos anti-hipertensivos

Next post

Posto do TRE no Galleria Shopping irá funcionar aos finais de semana e no feriado de 1º de maio

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *