Home»Campinas»Trecho da marginal da rodovia D. Pedro I, na altura da Ceasa, ganhará asfalto definitivo

Trecho da marginal da rodovia D. Pedro I, na altura da Ceasa, ganhará asfalto definitivo

0
Shares
Pinterest Google+

Concessionária interdita trecho de 800 metros a partir de segunda-feira para a implantação do novo pavimento

Fechamento da faixa da esquerda da via marginal ocorre a partir de segunda-feira, 8, no sentido Anhanguera, na altura da Ceasa – Foto: Renato César Pereira/Photopress

A Concessionária Rota das Bandeiras, empresa responsável pela administração do Corredor Dom Pedro, realiza a partir da próxima segunda-feira, dia 8 de janeiro, o fechamento da faixa da esquerda da marginal da rodovia D. Pedro I (SP-065), em Campinas, entre os km 140+200 e 141+400, sentido Anhanguera, na altura da Ceasa.

O trecho estava fechado desde o dia 11 de dezembro, mas foi reaberto antes das festas de final de ano, com pavimento provisório, para garantir as boas condições de tráfego nas vésperas de Natal e Ano Novo.

A medida, que terá início às 9h da segunda-feira, tem previsão de duas semanas para a conclusão. No entanto, caso as condições meteorológicas sejam favoráveis, a Concessionária se empenhará para liberar o trecho em um intervalo menor. No local, será colocado o asfalto definitivo.

Esta é mais uma etapa da implantação das novas vias marginais da rodovia D. Pedro I, em Campinas. Atualmente, a Rota das Bandeiras trabalha na implantação das novas marginais no trecho entre o Trevo dos Amarais e o Trevo de Barão Geraldo. A medida vai ampliar em 66% a capacidade de tráfego na região, garantindo melhores condições de tráfego e ampliando a segurança dos usuários da via.

Para evitar o risco de acidentes, o local em obras contará com sinalização especial e com o monitoramento das câmeras do Centro de Controle Operacional (CCO) da Concessionária. Os motoristas que desejarem mais informações poderão entrar em contato com a Rota das Bandeiras por meio do telefone 0800-770-8070. A ligação é gratuita e o Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) funciona 24 horas.

 

Previous post

Tema água precisa estar na agenda do cidadão comum, diz diretor do Fórum Mundial

Next post

Mais de 19 mil vestibulandos fazem hoje a 2ª fase da Fuvest

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *