Home»RMC»Destino da semana: as águas medicinais de Monte Alegre do Sul

Destino da semana: as águas medicinais de Monte Alegre do Sul

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Estância Hidromineral é uma das mais belas do Vale do Camanducaia e excelente destino para um agradável fim de semana no campo

Interior do Santuário do Senhor Bom Jesus – Foto: Miguel Schincariol/Divulgação-Secretaria de Turismo

Nossa dica de turismo é Estância Hidromineral de Monte Alegre do Sul. Impossível não se encantar por essa pequena cidade de 7 mil habitantes, na maioria descendentes de italianos, que está localizada no Vale do Camanducaia e que faz parte dos 11 municípios do grupo do Circuito das Águas do Estado.

Monte Alegre do Sul uma cidade normalmente pacata, mas que se transforma na época de Carnaval. A festa é considerada como uma das mais animadas do Interior de São Paulo.

Para quem mora na Grande São Paulo, chegar até Monte Alegre do Sul é relativamente fácil. A distância não é muito longa (140 km da capital). Portanto, é perfeitamente possível trocar a agitação por um relaxante final de semana no campo.

O acesso pode ser feito pelas vias Fernão Dias, Anhanguera, Bandeirantes e Dom Pedro. A cidade fica próxima de outros municípios também classificados como estâncias hidrominerais como Amparo, Serra Negra e Socorro.

Para completar o espetáculo, a Cachoeira das Andorinhas tem revoada de pássaros no verão e inverno – Foto: Miguel Schincariol /Divulgação-Secretaria de Turismo

Do Portal do Governo de SP

Cercada pelas belas paisagens de serras, entre as quais a Serra de Caraguatá, e próximo das margens do Rio Camanducaia, a cidade tem entre as suas atrações turísticas a qualidade de suas águas medicinais. Das muitas fontes, dez ficam em pleno centro. Há ainda o Balneário Municipal, que oferece banhos de espuma e imersão, hidromassagem, ducha escocesa e circular e saunas úmida e seca.

Uma das fontes de água mais procuradas é a Fonte Bom Jesus, devido às propriedades medicinais de suas águas indicadas para a cura de diversas doenças como enfermidades de pele, artrose e artrite.

O Centro da Cidade tem como ponto forte a arquitetura dos casarios. Monte Alegre do Sul, foi fundada no início de 1.900. Um de seus patrimônios é o Santuário do Senhor Bom jesus, inaugurado em 1919, próximo de onde é celebrada a festa do padroeiro da cidade, todos os anos, em agosto.

Outra atração turística é a Cachoeira da Andorinhas. Com a sua queda d’água de dez metros, é uma das mais procuradas do Rio Camanducaia. O espetáculo fica ainda mais bonito com a revoada das andorinhas, que no inverno ocorre no final da tarde e no verão à noite.

A produção de cachaça é uma das atividades econômicas da cidade, que tem mais de 20 alambiques. Monte Alegre do Sul também é conhecida pelas culturas de café e morango.

Na antiga Fazenda Experimental foram plantadas as primeiras mudas de morango. Com área de 351,7 hectares é a atual sede da Polo Regional Leste da Apta (Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios), ligada à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado.

Post Anterior

Receita abre consulta ao último lote de restituição do Imposto de Renda 2017

Próximo Post

Rota das Bandeiras inicia obras de alargamento do viaduto do Real Parque, na SP-332, em Campinas

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *