Home»Esporte»Figueirense vence, respira contra degola e mantém Guarani fora do G4 da Série B

Figueirense vence, respira contra degola e mantém Guarani fora do G4 da Série B

0
Shares
Pinterest Google+
Na noite deste sábado (26), o Bugre foi até Florianópolis enfrentar o Figueirense, pela 22ª rodada da competição, e perdeu pelo placar de 2 a 1 – Foto Gabriel Ferrari/Guarani F. C.

Da Agência Estado

O Guarani começa a ficar cada vez mais distante da briga pelo acesso no Campeonato Brasileiro da Série B. Na briga contra o rebaixamento, o Figueirense superou o time de Campinas por 2 a 1, na noite deste sábado, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC), pela 22.ª rodada.

O resultado ainda não foi suficiente para tirar o clube catarinense da zona de rebaixamento da competição, mas deu novo fôlego para o time na luta contra a degola. Ocupa a 17.ª posição, com 24 pontos, um a menos do que o Goiás, o primeiro fora do Z4. O Guarani, por sua vez, perdeu a sua quinta partidas nas últimas nove rodadas, sendo que nesta longa sequência ganhou apenas um jogo.

Com isso, a equipe campineira estacionou nos 31 pontos, na oitava colocação. Tem seis pontos a menos do que o Ceará, o último time a figurar na zona de acesso à elite, na quarta posição da Série B.

A partida demorou a engrenar na primeira etapa, mas o Figueirense abriu o placar em aos 32 minutos. O lateral Dudu chutou de fora da área, o atacante Henan dominou no meio do caminho e bateu no canto direito do goleiro Vagner. Os visitantes reclamaram de impedimento, mas a posição de Henan era legal.

No segundo tempo o jogo foi mais aberto. Principalmente após o gol do Guarani, aos 22 minutos. O lateral Lenon chutou cruzado da direita e o atacante Bruno Mendes desviou de cabeça, quase na pequena área.

O gol obrigou os donos da casa a saírem para o ataque. O segundo gol catarinense, contudo, não demorou a sair. Aos 27 minutos, o meia Marco Antônio cruzou para a área e o zagueiro Marquinhos subiu alto para mandar de cabeça para o gol. Depois disso, se fechou para garantir a vitória, suportando a pressão do visitante.

No próximo dia 8 de setembro, às 19h15, o Figueirense volta a campo para enfrentar o Boa, no estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG). Enquanto isso, o Guarani recebe o Vila Nova-GO, no dia 4, às 20 horas, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP).

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE 2 X 1 GUARANI

FIGUEIRENSE Saulo; Dudu, Marquinhos, Leandro Almeida e Guilherme Lazaroni; Pereira, Patrick e Marco Antônio (João Paulo); Jorge Henrique (Xuxa), Henan e Zé Love (Abuda). Técnico: Milton Cruz.

GUARANI – Vagner; Lenon, Ewerton Páscoa, Willian Rocha e Gilton; Evandro, Betinho, Juninho (Felipe Pará) e Bruno Nazário; Claudinho (Rafael Silva) e Rentería (Bruno Mendes). Técnico: Vadão.

GOLS – Henan, aos 32 minutos do primeiro tempo; Bruno Mendes, aos 22, e Marquinhos, aos 27 do segundo.

ÁRBITRO – Rodrigo Batista Raposo (DF).

CARTÕES AMARELOS – Pereira (Figueirense).

RENDA – R$ 124.190,00.

PÚBLICO – 7.852 pagantes (7.891 torcedores).

LOCAL – Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

Previous post

Bandeira tarifária na conta de luz passa de vermelha para amarela em setembro

Next post

Atlético-MG bate Ponte Preta de virada em Campinas

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *