Home»Cultura»“A França e o Novo” é tema do Mostra Cine Sesi-SP

“A França e o Novo” é tema do Mostra Cine Sesi-SP

0
Shares
Pinterest Google+

Mostra traz longas contemporâneos e renomados filmes do século XX que revolucionaram a história do cinema francês.  

As sessões acontecem no SESI CAMPINAS – SANTOS DUMONT, entre 12 de agosto e 04 de outubro, com entrada gratuita.

Na 11ª edição do Cine SESI-SP no Mundo, realizada de 12 de agosto a 04 de outubro no SESI CAMPINAS – SANTOS DUMONT, sete filmes propõe uma viagem à Europa Ocidental até o berço do cinema: a França. Com reflexões sobre técnica, temática e estilo, a mostra A França e o Novo traz obras que mostram a originalidade nas composições francesas, que influenciam até hoje o cinema mundial.

O evento é realizado em parceria com a Embaixada da França no Brasil e tem apoio do Institut Français. Todas as sessões são GRATUITAS. A França foi o primeiro país a exibir imagem em movimento, por meio dos irmãos Lumière, considerados os pais do cinema. Foi pioneira em efeitos especiais com o filme Viagem à Lua (1902), de George Méliès, e sediou o movimento Nouvelle Vague, que criou técnicas que romperam com as utilizadas, até então, no cinema comercial. Sua vanguarda cinematográfica influenciou inúmeros diretores dos anos de 1970, como o norte-americano Steven Spielberg.

Com curadoria do SESI-SP, os filmes escolhidos ressaltam, por meio de conexões, as técnicas que nasceram no cinema francês e permanecem evidentes nas produções contemporâneas de todo o mundo. A mostra traça um panorama composto em pares e exibe tanto os longas que inauguram estéticas e temáticas, como os que revelam a evolução desses elementos ao longo dos anos. Na mostra destacam-se produções de diretores consagrados, como Jean-Luc Godard e Jacques Tati, e, principalmente, a icônica performance em Ascensor para o Cadafalso, de Jeanne Moreau, falecida no mês passado.

Duas Garotas Românticas (1967), de Jacques Demy, destaca-se pela temática musical dos anos 60, com cenários e roupas característicos, e por um diretor que não mediu esforços e recursos financeiros para produzir o longa. Em contrapartida, Jean-Luc Godard questiona em O Desprezo (1963) o efeito do sucesso comercial em sua expressão criativa, representada no filme pelo protagonista Paul Javal, roteirista que vê sua esposa desprezá-lo enquanto busca agradar um produtor estrangeiro. Apesar dos dois filmes retratarem o auge da carreira dos cineastas, um o faz como algo oportuno, que dá margem a novas conquistas, e o outro com um pesar, que motiva sentimentos e ações conflituosas.

O Batedor de Carteiras (1959), de Robert Bresson, talvez seja o filme de maior importância histórica dentro da mostra. Inova ao filmar diversos elementos, e não só o rosto como fonte majoritária de expressão. Enaltece o realismo do comportamento humano sem a espetacularização vista nos cinemas americanos.

Ascensor para Cadafalso (1958), de Louis Malle, foi produzido no estilo film noir, com planos expressivos, uso de contrastes e sombras, retrato das fraquezas humanas e ambientes urbanos realistas. Além disso, torna-se um marco ao mostrar a bela atriz Jeanne Moreau sem maquiagem e utilizar o jazz de Miles Davis como trilha sonora, duas iniciativas ousadas que o distanciaram dos sucessos de hollywood. Assim como na obra de Malle, O Pequeno Tenente (2005), de Xavier Beauvois, é um drama policial, em que os conflitos morais e psicológicos dos personagens ganham mais importância que os detalhes sórdidos dos crimes com os quais se envolvem.

O Carrossel da Esperança (1949) de Jacques Tati, e A Lei da Selva (2016), de Antonin Peretjatko, fazem uma crítica humorada à megalomania. Ambos zombam das instituições e da supervalorização de si mesmo. Um acontece em uma cidadezinha pacata, o outro na Amazônia. Os dois se conectam ao preservar métodos cinematográficos que utilizam o humor como crítica aos poderes e às fantasias que os sustentam.

A programação completa irá percorrer 39 unidades do SESI-SP em todo Estado, além do Centro Cultural Fiesp. As datas e horários das exibições podem ser conferidas em https://campinassantosdumont.sesisp.org.br/agenda.

 

Previous post

Casa das Rosas recebe sessões de cinema ao ar livre

Next post

Shopping Prado Boulevard recebe super-heróis dos quadrinhos em homenagem ao Dia dos Pais

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *