Home»RMC»Trechos do anel viário Magalhães Teixeira entre Campinas e Valinhos estarão em obras nesta segunda (24) e terça-feira (25)

Trechos do anel viário Magalhães Teixeira entre Campinas e Valinhos estarão em obras nesta segunda (24) e terça-feira (25)

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+
Intervenções ocorrem fora do horário de pico e visam garantir mais segurança e conforto aos motoristas
As intervenções ocorrerão fora dos horários de pico, entre 9h e 17h – Foto: Divulgação/Rota das Bandeiras
A Concessionária Rota das Bandeiras realiza nesta segunda e terça-feira, dias 24 e 25 de julho, obras de recuperação no pavimento do anel viário Magalhães Teixeira (SP-083), entre Campinas e Valinhos. As intervenções ocorrerão fora dos horários de pico, entre 9h e 17h.
Nesta segunda-feira, equipes da Concessionária irão atuar em dois pontos: na pista sul, sentido Bandeirantes, o trabalho ocorre no km 2; já na pista norte, para quem segue em direção à D. Pedro I (SP-065), o bloqueio de faixa será na altura do km 7, pouco após o Trevo de Valinhos. Na terça-feira, os dois pontos com interdição de faixa serão na pista norte, nos km 10 e 9.
As intervenções no anel viário fazem parte do trabalho rotineiro de conservação do Corredor Dom Pedro e visam garantir mais segurança e conforto aos motoristas. Os trechos em obra receberão sinalização especial. Toda movimentação será acompanha pelas câmeras de monitoramento do Centro de Controle Operacional (CCO) da Rota das Bandeiras. Os motoristas que desejarem mais informações podem entrar em contato por meio do telefone 0800-770-8070, disponível 24 horas, de forma gratuita.
Recuperação profunda
A Rota das Bandeiras também prossegue com as obras de recuperação profunda, com a reconstrução de diferentes camadas do pavimento, nas rodovias Prof. Zeferino Vaz (SP-322), João Cereser (SP-360) e Eng. Constâncio Cintra (SP-360).
No início desta semana, a obra na Prof. Zeferino Vaz se concentra no km 145, em Cosmópolis, na pista sentido Eng. Coelho. Já na João Cereser, em Jundiaí, os trabalhos ocorrem entre os km 64 e 67, nos dois sentidos.
As intervenções fazem parte do segundo ciclo de recuperação profunda do Corredor Dom Pedro desde o início da concessão, em 2009. Somente neste ano, a Rota das Bandeiras irá investir R$ 120 milhões neste tipo de obra. O cronograma de investimentos tem aprovação da Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp). 
Post Anterior

Ponte Preta vence o Atlético-PR por 2 a 0 e encerra longo jejum como visitante

Próximo Post

Dívida Pública Federal sobe 3,22% em junho

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *