Home»Campinas»Hospital de Câncer de Barretos reforça saúde pública de Campinas

Hospital de Câncer de Barretos reforça saúde pública de Campinas

0
Shares
Pinterest Google+
Prefeito e os funcionários do Hospital do Amor – Foto: Carlos Bassan/PMC
O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, participou nesta terça-feira, 18 de julho, da inauguração do Instituto de Prevenção de Campinas do Hospital de Câncer de Barretos, o Hospital de Amor. A unidade está instalada na Avenida das Amoreiras, no Parque Itália.
“Campinas está recebendo um presente neste mês de aniversário. Um local para tratamento e prevenção. O Hospital de Câncer de Barretos tem um trabalho reconhecido internacionalmente, que agora chega a Campinas. Está instalado em uma região que já tem o Hospital Dr. Mário Gatti, o Centro de Saúde São Bernardo e contará, também, com o AME (Ambulatório Médico de Especialidades), que em breve terá as obras iniciadas. Será um polo de atendimento de saúde”, afirmou o prefeito.
  
As atividades no local devem começar em agosto. Neste intervalo, os funcionários contratados pela instituição passarão por treinamento em Barretos. O Instituto de Prevenção funcionará em uma área de 11,4 mil metros quadrados, doada pela Prefeitura de Campinas, que também viabilizou o sistema viário para a chegada ao hospital.
 
 O prédio conta com consultórios médicos, salas para a realização de mamografias, coleta de papanicolau, ultrassom, centro cirúrgico com duas salas para a realização de procedimentos, recepções, espaço para treinamento e videoconferência. Os atendimentos serão 100% SUS.
  
“A detecção precoce do câncer proporciona o tratamento ambulatorial. Estamos trazendo um projeto de primeiro mundo para Campinas”, afirmou o presidente do Hospital de Câncer de Barretos, Henrique Prata.
 O Instituto de Prevenção terá capacidade para realizar 3,6 mil mamografias, 500 consultas e 500 cirurgias por mês.
  
Unidades Móveis
O Instituto de Prevenção de Campinas contará, também, com cinco unidades móveis (carretas), sendo quatro adaptadas e equipadas para diagnóstico e realização de exames de colo do útero, pele e pulmão e uma quinta para educação, que será direcionada para as escolas com o objetivo de despertar nos estudantes o interesse por hábitos saudáveis, qualidade de vida e prevenção ao câncer.
 
Pedra fundamental
A pedra fundamental da unidade de Campinas foi lançada em fevereiro de 2016. Desde então, as carretas do hospital estiveram na cidade para realizar exames de prevenção em pacientes das Unidades Básicas de Saúde (UBS) que aguardavam por exames. Os atendimentos na carreta aconteceram em atividades do Outubro Rosa e também no início de junho.
 
Recursos
O Ministério Público do Trabalho (MPT) destinou parte dos recursos obtidos em uma ação civil pública para cinco projetos relacionados à pesquisa e atendimento de saúde. O maior deles, de R$ 69,9 milhões, foi para o Hospital de Câncer de Barretos. Desse montante, R$ 34 milhões foram destinados para a construção da unidade de Campinas.
Previous post

Governo de SP transfere a concessão de aeroportos estaduais à iniciativa privada

Next post

Corrida dos Distritos tem início domingo com prova em Joaquim Egídio

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *