Home»Cultura»Festa da Música altera a rotina do centro da cidade nesta sexta, 23

Festa da Música altera a rotina do centro da cidade nesta sexta, 23

0
Shares
Pinterest Google+

Na sexta-feira, 23 de junho, quem sair para almoçar, fazer compras ou passear pelo centro da cidade pontualmente às 13h, será surpreendido por músicos da Orquestra Sinfônica da Unicamp (OSU), com instrumentos em punho, tocando em oito locais considerados cartões postais de Campinas. Trata-se da “Festa da Música”, projeto organizado pela regente da Orquestra Sinfônica da Unicamp, Cinthia Alireti, em parceria com o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), dentro da série “Identidade, Música e Arquitetura”. O evento tem apoio da Prefeitura de Campinas.

No mesmo dia, às 20h, o público poderá apreciar o concerto da Sinfônica da Unicamp, que inclui uma mini gala lírica, na Catedral Metropolitana. Este programa será repetido no dia 26, às 18h, no pátio do Ciclo Básico II, na Unicamp. Na regência de ambos, estará o regente convidado Nazir Bittar. Toda a programação tem entrada gratuita.

Originalmente idealizado pela professora Denise Garcia, diretora do Centro de Integração, Documentação e Difusão Cultural (Ciddic) da Unicamp, a Festa da Música aconteceu pela primeira vez em 2011 nos espaços abertos e fechados da universidade. Desta vez, essa ideia passou a integrar o projeto Identidade, Música e Arquitetura, que visa criar, através da música, um relacionamento afetivo entre os campineiros e sua história.”Transferimos este evento para os prédios históricos para que o público revisite esses lugares tão conhecidos em Campinas com uma emoção especial, imprevisível; uma emoção que os músicos emprestam de maneira singular quando experimentam um espaço diferente”, afirma Cinthia Alireti.

Para Alan Cury, do IAB, o projeto começou com a possibilidade de união de forças entre as entidades, em busca da valorização do senso de pertencimento do cidadão campineiro. “Foi ganhando corpo a cada apresentação, aumentando significativamente a responsabilidade e a empolgação entre todos os envolvidos. A Festa da Música é sem dúvida nosso maior desafio”, acentua.

A maratona musical será pontuada por quinteto de madeiras, violino, piano, saxofone, violoncelo, trompete, contrabaixo, flauta, entre outros instrumentos, que irão conviver com os sons urbanos alterando, poeticamente, a rotina da cidade. As intervenções artísticas irão acontecer em sete locais simultaneamente: hall da Prefeitura Municipal de Campinas, Basílica Nossa Senhora do Carmo, Jockey Club Campineiro, Capela da Casa de Saúde, Jardins da Santa Casa de Campinas, Hospital Irmãos Penteado, Centro de Convivência Cultural e Igreja São Benedito.

No concerto na Catedral, às 20h, a Sinfônica da Unicamp, com regência de Nazir Bittar, interpreta obras de Beethoven, Bizet, Mozart, Verdi e Haydn. Participação dos cantores do Ópera Estúdio Unicamp, com direção do professor Angelo Fernandes: Beatriz Esposito e Rebecca Oliveira (sopranos), Nina Piedade Ferrari (contralto), Gustavo Caires (tenor), Heitor Coelho, Leandro Cavini e Willian Donizetti (barítono).

Serviço

Festa da Música com a Orquestra Sinfônica da Unicamp

Quando: 23 de junho, sexta

Horário: 13h

Onde: hall da Prefeitura Municipal de Campinas, Basílica

Nossa Senhora do Carmo, Jockey Club Campineiro, Capela da

Casa de Saúde, Jardins da Santa Casa de Campinas, Hospital

Irmãos Penteado, Centro de Convivência e Igreja São Benedito.

Horário: 20h

Concerto na Catedral Metropolitana de Campinas

Quando: 26 de junho, segunda, 18h – Concerto no Ciclo Básico da Unicamp

Previous post

Guarani empata com Oeste, perde os 100% em casa e desperdiça chance de ser líder

Next post

BRT campineiro: limpeza do leito para trecho do Lote 1 atinge 4,5 km

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *