Home»Cultura»Castro Mendes recebe Cia de Dança Deborah Colker neste fim de semana

Castro Mendes recebe Cia de Dança Deborah Colker neste fim de semana

0
Shares
Pinterest Google+
Dança é veículo para a liberdade expressiva e orgânica refletida no espírito olímpico - Foto: Divulgação
Dança é veículo para a liberdade expressiva e orgânica refletida no espírito olímpico – Foto: Divulgação

A premiada Cia de Dança Deborah Colker se apresenta em Campinas, no Teatro Castro Mendes, neste final de semana, 11 e 12 de junho, com o espetáculo “VeRo”, em que a coreógrafa Deborah Colker faz a junção de dois dos maiores sucessos da companhia: “Velox”, lançado em 1995, e “Rota”, de 1997.

Deborah Colker será a diretora de movimento responsável pela cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos 2016 no Rio de Janeiro, e os dois espetáculos trabalham com movimentos artísticos que remetem à prática esportiva como veículo para a liberdade expressiva e orgânica refletida no espírito olímpico.

Em seu primeiro ato, os movimentos ‘Ostinato’, ‘Cotidiano’ e ‘Sonar’ utilizam o vocabulário do balé clássico e da dança contemporânea, brincando com gestos do dia a dia e movimentos no solo, imprimindo força, leveza, humor, velocidade e dinâmica, marcas registradas da coreógrafa. Com um repertório de gestos ordinários transformados em movimentos, carregados de intenção, mas fora de seus contextos, eles evocam o drama, a comédia, o lúdico e o patético, se destacando com seu ritmo e precisão, na busca pelo equilíbrio perfeito. No fundo da cena, o palco verticaliza-se em uma parede de sete metros de altura onde os bailarinos realizam um balé aéreo desafiando a lei da gravidade. Logo em seguida, o Kung Fu, Atletismo e Jogo.

No segundo ato, os bailarinos se deslocam em estado de flutuação, como astronautas dentro de uma nave sem gravidade. Os movimentos ganham novas densidades em meio à manobras milimétricas e vagarosas que demandam um equilíbrio e resistência muscular incomuns, os bailarinos experimentam várias possibilidades de caminhar em suspensão, em todos os sentidos e direções. Por fim, uma roda de cinco metros de altura toma conta do palco. Inspirada nos parques de diversões e na rotação da Terra, a roda é a mais perfeita tradução material da investigação em torno da física e da mecânica do movimento. Todos os movimentos dentro e fora da roda buscam a circularidade. Em fluxo contínuo, os bailarinos dançam sob forças centrífugas e centrípetas, a ação propaga-se por cada uma das seis escadas e pelos meandros da roda, desenhando uma profusão de imagens de grande impacto visual.

VeRo” coloca em cena a eletrizante combinação de vitalidade e perigo, compilando no palco as marcas características do trabalho de Deborah Colker e forma um terceiro espetáculo que propõe uma ocupação radical do espaço cênico, expondo com proeza os questionamentos de sua coreógrafa sobre a física dos movimentos.

Atualmente, a companhia prepara seu 13º espetáculo, “O Cão Sem Plumas”, baseado na obra de João Cabral de Melo Neto.

Serviço

Espetáculo de dança contemporânea “VeRo” – Cia Deborah Colker

Local: Teatro Castro Mendes. Praça Correa de Lemos, s/n, Vila Industrial – Campinas

Data: 11 e 12 de junho

Horário: sábado, às 21h; domingo, às 18h

Ingresso: plateia – R$ 90 (inteira) e R$ 45 (meia); balcão superior – R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia)

Vendas: bilheteria do Teatro Castro Mendes – de terça a domingo, das 16h às 21h; pela internet – compreingressos.com

Informações: (19) 3272-9359

 

Previous post

Saúde dá continuidade às ações contra raiva em Barão Geraldo

Next post

Dilma visita obras em polo de alta tecnologia em Campinas

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *