Home»Distritos Campineiros»Fundação José Pedro de Oliveira realiza workshop no próximo dia 10

Fundação José Pedro de Oliveira realiza workshop no próximo dia 10

0
Shares
Pinterest Google+
Sede da Fundação José Pedro de Oliveira - Foto: Renato César Pereira
Sede da Fundação José Pedro de Oliveira – Foto: Renato César Pereira

A Fundação José Pedro de Oliveira realiza no próximo dia 10 de junho, sexta-feira, o workshop “Passado, presente e o futuro da pesquisa científica na ARIE Mata de Santa Genebra”. O encontro tem como objetivo aproximar a comunidade acadêmica dos gestores da Unidade de Conservação e promover a aplicação do conhecimento produzido pelas pesquisas nas ações de manejo da biodiversidade. ARIE é sigla para Área de Relevante Interesse Ecológico.

Durante o encontro também será lançado o “Programa de Monitoramento da ARIE Mata de Santa Genebra”, cujos dados servirão para o aprofundamento dos estudos das pesquisas científicas realizadas na reserva. O Programa é composto por diversas ações que visam o monitoramento da fauna e da flora, a prevenção e combate a focos de incêndio na Unidade de Conservação (UC) e seu entorno, o controle de movimentações e possíveis entradas indevidas no interior dos limites da unidade, segurança patrimonial e o registro de atividades ilegais e ou potencialmente lesivas dentro da área de abrangência da Mata de Santa Genebra (UC e Zona de Amortecimento).

O evento acontecerá na sede da Fundação, das 8h às 16h30, com apresentações, palestra, exibição de filme, uma mesa redonda e o lançamento do Programa de Monitoramento Integrado da Mata de Santa Genebra. Veja abaixo a programação completa.

De acordo com o presidente da FJPO, Pedro Henrique Pupo Nogueira, o workshop é de suma importância para o aprofundamento do debate sobre questões que envolvem a ARIE. “Durante o workshop, vamos tratar vários temas que envolvem a realidade da Fundação, da Mata, dos trabalhos e pesquisas que são desenvolvidos aqui, inclusive com visita de campo”, afirmou.

Pupo Nogueira citou, ainda, o Programa de Monitoramento, que será lançado durante o workshop. “O programa visa ampliar as medidas de proteção da Mata e da coleta de dados sobre a reserva. Vamos utilizar a tecnologia a nosso favor, com câmeras, armadilhas fotográficas, imagens aéreas e de satélite, monitoramento por Vant (Veículo Aéreo Não Tripulado) entre outras ferramentas”, completou.

Além de valorizar as pesquisas, concluídas e em andamento, realizadas na ARIE, o evento possibilitará a divulgação dos trabalhos para órgãos colegiados relativos à gestão da Unidade de Conservação e da Fundação José Pedro de Oliveira, bem como para a comunidade acadêmica, organizações não governamentais, entes e órgãos da Administração municipal em linguagem acessível.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas no site

 http://seminarioambiental.wix.com/workshop.

A Fundação José Pedro de Oliveira fica na Rua Mata Atlântica, 447 – Bosque de Barão Geraldo.

Programação

8h – Credenciamento

8h30 – Apresentação da ARIE Mata de Santa Genebra

Pedro Henrique Delamain Pupo Nogueira, presidente da Fundação José Pedro de Oliveira (FJPO)

8h45 – Lançamento do Programa de Monitoramento Integrado da ARIE da Mata de Santa Genebra

Cynira Any Jovilhana da Silva Gabriel, diretora do Departamento Técnico Científico da FJPO;

Pedro Henrique Delamain Pupo Nogueira, presidente da FJPO.

9h – Panorama atual da Pesquisa Científica e do manejo da Biodiversidade na ARIE Mata de Santa Genebra

Thomaz Henrique Barrella, biólogo do Departamento Técnico Científico da FJPO.

9h15 – Visita de Campo

10h20 – Descerramento da placa de lançamento do Programa de Monitoramento Integrado da ARIE Mata de Santa Genebra

10h45 -Vídeo de exibição de voo do VANT – Veículo Aéreo Não Tripulado

Luiz Eduardo Vicente, pesquisador da Embrapa Meio Ambiente

11h – Palestra: Perspectivas para o Programa de Monitoramento via satélite da ARIE Mata de Santa Genebra

Luiz Eduardo Vicente, pesquisador da Embrapa Meio Ambiente

12h – Pausa para o almoço

14h – Mesa redonda: Estado da arte da restauração ecológica em fragmentos florestais

O manejo de Lianas em fragmentos florestais

Pedro Henrique Santin Brancalion, professor da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP)

A importância da reconstrução da fauna para a restauração ecológica

Wesley Silva, pesquisador da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

16h30 – Encerramento

 

Previous post

Preço de medicamentos pode variar até 1.207,34% em Campinas

Next post

Temporal com granizo deixa feridos e causa estragos em Campinas

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *