Home»Cultura»Museu da Imagem e do Som abre programação de março

Museu da Imagem e do Som abre programação de março

0
Shares
Pinterest Google+

_DSC0198

O Museu da Imagem e do Som (MIS) de Campinas, da Secretaria Municipal de Cultura, abriu a programação de março com a exibição de seis filmes, a partir desta quarta-feira, 2 de março, até domingo, dia 6.

Os ciclos que serão apresentados são o “Panorama do Cinema Americano”, com curadoria de Laerte Ziggiatti, “Cinema & Literatura” e “Marco Feminista”, de Ricardo Pereira e “Dostoievski”, de Priscila Salomão. Além disso, será exibido o curta-metragem Vida Compartilhada, no Curta MIS.

Serviço

Curta MIS

Vida Compartilhada – Direção: Rodrigo Ferrari

Data: 2 de março (quarta-feira) – 19h30

Sinopse – O curta-metragem aborda vários aspectos sobre a questão do Transplante de Medula Óssea, comentado por pessoas que têm casos de indivíduos com doenças na família e também por colaboradores que abraçam uma causa nobre da vida, divulgando informações sobre o processo do transplante através das redes sociais, vídeos, informativos e trabalhos voluntários. (2015).

Ciclo “Panorama do Cinema Americano”

Cidadão Kane – Direção: Orson Welles

Data: 3 de março (quinta-feira) -19h

Sinopse – Na trama conhecemos a história de Charles Foster Kane a partir de sua morte. Um jornalista recebe a tarefa de investigar qual era afinal o significado de sua última palavra, “Rosebud”. Venceu o Oscar de 1942 na categoria de melhor roteiro original. O filme marcou sua época devido às inovações, sobretudo nas técnicas narrativas e nos enquadramentos cinematográficos. (1941).

Não estou lá – Direção: Todd Haynes

Data: 4 de março (sexta-feira) – 19h

Sinopse: Diversas partes do filme tomam clássicos do cinema como inspiração. As cenas com Jude são claramente inspiradas em Oito e Meio (1963) de Federico Fellini. As cenas com Billy são inspiradas nos faroestes de Sam Peckinpah. (2007).

Ciclo “Cinema & Literatura”

1984 – Direção: Michael Radford

Data: 5 de março (sábado) -16h

Sinopse: Winston Smith (John Hurt) é uma figura trágica que se atreveu a se apaixonar numa sociedade totalitária onde as emoções são ilegais. Baseado no romance de George Orwell. (1984).

Ciclo “Marco Feminista”

Thelma & Louise – Direção: Ridley Scott

Data: 5 de março (sábado) – 19h30

Sinopse – Cansadas da vida monótona que levam, duas amigas, uma garçonete quarentona (Susan Sarandon) e uma jovem dona-de-casa (Geena Davis) resolvem deixar tudo para trás num fim de semana. Mas no caminho se envolvem em encrencas e acabam sendo perseguidas pela polícia. (1991).

Ciclo “Dostoeivski”

Noites Brancas – Direção: Luchino Visconti

Data: 6 de março (domingo) – 18h

Sinopse – O filme conta a história de Mario (Marcelo Mastroiani), um homem solitário que encontra a bela Natalia (Maria Schell) chorando em uma ponte. Ao longo das noites, Natalia conta a Mario a história de sua paixão por um homem misterioso que hospedou-se na pensão de sua avó, e de como ele a deixou, um ano atrás, prometendo voltar. (1957).

Previous post

Proteste faz campanha contra cobrança de bandeiras tarifárias na conta de luz

Next post

Calouros plantam mudas de espécies nativas em Trote da Sustentabilidade

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *