Home»Campinas»Centro Infantil Boldrini faz 38 anos

Centro Infantil Boldrini faz 38 anos

0
Shares
Pinterest Google+

Primeiro centro de pesquisas pediátrico do país com 30% da obra pronta

Maquete eletrônica do Instituto de Engenharia Molecular e Celular - Divulgação
Maquete eletrônica do Instituto de Engenharia Molecular e Celular – Divulgação

No dia 25 de janeiro, o Centro Infantil Boldrini ― maior hospital da América Latina no atendimento a portadores de doenças onco-hematológicas da criança e do adolescente ― comemora 38 anos desde a inauguração em 1978. Uma boa notícia marca a data: 30% da construção do Instituto de Engenharia Molecular e Celular ― primeiro centro de pesquisas específico para câncer pediátrico do país ― está concluída. A previsão para o término da obra é final de 2016 e exigirá investimentos da ordem de 22 milhões de reais.

Para a presidente do Boldrini, doutora Silvia Brandalise, o aniversário da instituição marca mais um ano de muito trabalho. “O desafio da implantação de uma unidade especifica de pesquisa voltada ao câncer da criança permitirá o desenvolvimento de estudos com terapias-alvo ― hoje restritos ao câncer dos adultos. A doação dos recursos para essa obra, feita pelo Ministério Público do Trabalho – 15ª Região, foi decisiva para o pleno desenvolvimento dos trabalhos”.

A doação para a construção dos 5 mil metros quadrados do Instituto de Engenharia Molecular e Celular é oriunda da Ação Civil Pública nº 00 222 00 – 28.2007.5.15.0126 e tramitou na 2ª Vara do Trabalho de Paulínia, conduzida pela Procuradora-Chefe Catarina Von Zuben e pelos Procuradores Ana Lucia Ribas Casarotto e Ronaldo José De Lira.

O prédio de pesquisa disponibilizará de instalações com a mais alta qualidade para investigações científicas sobre os diversos aspectos do câncer, desde as causas ambientais e genéticas até o desenvolvimento de novas terapias-alvo, incluindo os testes clínicos. O conhecimento detalhado das inúmeras mutações presentes num câncer de determinado paciente, permitirá propor tratamentos que inativem a(s) mutação(ões) específica(s), com o objetivo de maior controle da doença e menor toxicidade do tratamento.

Instalações para produção de biológicos em sistema GMP (“Good Manufacturing Production”) serão um diferencial significativo desse Instituto para fins de implementar terapias gênicas e celulares de última geração. Importantes parcerias com centros de pesquisa nacionais e internacionais garantirão a cooperação científica para o sucesso das pesquisas aqui desenvolvidas.

O Centro Boldrini busca incentivar jovens pesquisadores e graduandos de diferentes áreas da saúde (Medicina, Biologia, Biomedicina, Farmácia, Veterinária) com o objetivo da formação de grupo sólido de profissionais voltados para a epidemiologia e pesquisa do câncer”, diz Silvia Brandalise.

Instituto de Engenharia Molecular e Celular

O prédio de dois andares, projetado pelos arquitetos Waldir Vilalva Dezan, Antonio Luis Tebaldi Castellano e Eloisa Kempter da Coordenadoria de Projetos (CPROJ) da UNICAMP, está com a estrutura metálica pronta. Segundo o engenheiro responsável pela obra, Clésio Pfeifer, da Multi Plik Engenharia, existem vantagens para o uso desse tipo de estrutura. “A velocidade da obra aumenta muito, diminuem os riscos, não há sobra de resíduos e necessidade de caçambas, e possibilita o detalhamento e os cortes serem feitos nos galpões de fabricação, sem utilização do canteiro de obra.”

A segunda etapa da construção deverá estar concluída até final de 2016. Nessa fase atual está prevista a concretagem das lajes e o término da cobertura, já com 70% concluída, programados até o início do próximo mês de fevereiro. Também faz parte da programação nesse período, a alvenaria interna, a hidráulica e a elétrica.

O centro de pesquisas está sendo construído ao lado do prédio de Radioterapia e ocupará uma área de cerca de 5 mil metros quadrados, permitindo ampliar de 5 para 25 o número de pesquisadores e de 6 para 125 alunos que poderão atuar nos 13 laboratórios individuais de pesquisa previstos no projeto, que inclui também diversos laboratórios de apoio e uso comum. A elaboração dos projetos contou com apoio financeiro do Instituto Ronald McDonald.

Colaboraram com os projetos complementares do Instituto os engenheiros Aldo Pera, da Laus Tecnologia (instalações elétricas/hidráulicas e de combate a incêndio), Sérgio Mello, da Appogeo (fundações profundas), Marcelo Facchini, da Grifa Engenharia (estrutura metálica básica) e Geraldo A. Vieira, da Arquitetura de Estruturas (projeto de telhas e supervisão de estrutura metálica), Alexandre Ballerini, da Projetos Ballerini (estrutura em concreto de baldrame e contra piso do térreo), Tetsuji Uratani ,da Clima Space (climatização) e Gustavo Fonseca, da BTU (anteprojeto de climatização), Marcelo Filier da White Martins (gases), e Aparecido Capela da Movetech Laboratórios (mobília).

[box type=”shadow” ]

Centro Infantil Boldrini

Localizado em Campinas (SP), o Boldrini atualmente atende cerca de 10 mil pacientes, a maioria (80%) pelo Sistema Único de Saúde (SUS), vindos de várias cidades brasileiras e alguns de países da América Latina. Um dos centros mais avançados do país, o Boldrini reúne alta tecnologia em diagnóstico e tratamento clínico especializado, com índice de cura de 70% a 80% em alguns tipos de câncer − comparáveis ao Primeiro Mundo −, disponibilidade de leitos e atendimento humanitário às crianças portadoras dessas doenças.

www.boldrini.org.br

[/box]

[box type=”shadow” ]

NÚMEROS BOLDRINI 2015

Pacientes em acompanhamento – 10 mil

Funcionários – 781

Voluntários – 450

Internações – 3.993

Consultas Ambulatoriais Hospital – 49.698

Reabilitação – 4.629

Radioterapia – 3.407

Total – 57.734

Procedimentos

Cirurgias – 678

Ambulatoriais – 5.762

Sessões de Quimioterapia – 25.614

Procedimentos

Banco de Sangue – 9.944

Exames Laboratório Análises Clínicas – 219.122

Exames Laboratório Análises Patológicas – 2.506

Exames de Imagem – 18.512

Sessões Fisioterapia Hospital – 5.393

Sessões Fisioterapia Reabilitação – 21.063

Transplantes – 9 Aplicações Radioterapia – 25.184

Mapeamento Retina Instituto Pediatria – 1.035

Casos Novos Hospital – 717 (294 Hemato / 423 Oncologia)

Casos Novos Radioterapia – 995

[/box] 

Previous post

Viracopos inaugura free shop no novo terminal

Next post

Barão Geraldo recebe mutirão contra a dengue neste sábado, 23

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *