Home»Campinas»Novo Plano Diretor: Seplan disponibiliza relatório de participação popular

Novo Plano Diretor: Seplan disponibiliza relatório de participação popular

0
Shares
Pinterest Google+
Oficina de discussão do Plano Diretor em Barão Geraldo - Foto: Arquivo/PMC
Oficina de discussão do Plano Diretor em Barão Geraldo – Foto: Arquivo/PMC

A Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (Seplan) disponibilizou, no site do Plano Diretor www.planodiretor.campinas.sp.gov.br, a sistematização dos dados referente à participação popular no processo de revisão do Plano Diretor do município que ocorreu por intermédio das oficinas participativas de leitura comunitária – Escuta Inicial e Diagnóstico Comunitário, e via sugestões registradas pela internet.

O processo participativo teve como principal objetivo conhecer os anseios da população e entender quais os assuntos que mais afetam o dia a dia dos habitantes de Campinas. Também foi uma oportunidade de repensar o planejamento urbano em conjunto com a sociedade, obtendo dos munícipes o conhecimento das peculiaridades de cada região, fortalecendo as decisões e propostas do Poder Público sobre a gestão do território.

As oficinas participativas de leitura comunitária foram divididas em duas etapas: Escuta Inicial/Capacitação e Diagnóstico Comunitário. Na primeira etapa das oficinas participativas de leitura comunitária – Capacitação e Escuta Inicial, que ocorreu nos meses de abril e maio, o objetivo foi preparar a população para uma discussão sobre os problemas e potencialidades de Campinas e a elaboração de propostas para a “Campinas que queremos”.

Nesta fase foram realizadas cinco oficinas, uma em cada região da cidade e, a pedido da população, a equipe realizou uma oficina extra na região do Aeroporto de Viracopos.

A primeira etapa contou com a participação de 518 pessoas, sendo que a região Sul teve o maior número de participantes. Os problemas da cidade mais abordados foram os relacionados à mobilidade, segurança e equipamentos públicos de saúde. Com relação aos problemas do bairro, os pontos mais abordados foram a falta de equipamentos públicos de saúde, qualidade ruim do trânsito e das calçadas. Questões referentes à qualidade de vida da população, justiça social e a necessidade de criação de sistema de gestão do Plano Diretor também foram citadas.

Diagnóstico Comunitário

O objetivo das oficinas de Diagnóstico Comunitário, que ocorreram nos meses de junho e julho, foi a discussão conjunta entre poder público municipal e sociedade sobre a “cidade que temos” e a visão da comunidade para a “cidade que queremos”, 499 pessoas participaram desta etapa.

Os dados obtidos na “Escuta Inicial” foram sistematizados em planilhas e mapeados nas cinco regiões de Campinas. A partir desses dados, os participantes foram convidados a complementar as potencialidades e problemas por tema estrutural, e na sequência, traçar o “mapa de cenário futuro”, propondo soluções para os problemas apontados, ou sugerindo áreas potenciais para construção de parques, ciclovias, equipamentos de cultura, lazer, dentre outros.

Site do Plano Diretor

A criação do site teve como objetivo central facilitar o acesso às informações relativas ao processo de revisão do Plano Diretor. Nesse site constam a agenda atualizada das atividades, os documentos, material técnico, apresentações realizadas em eventos e outras informações pertinentes. Também foi disponibilizado um canal de participação para que os cidadãos pudessem fazer sugestões relacionadas aos seis temas estruturais – Ordenamento Territorial; Mobilidade; Habitação; Meio Ambiente; Desenvolvimento Econômico, Tecnológico e Científico; Inserção Metropolitana.

Por intermédio deste canal foram obtidas 180 sugestões cujo principal tema em discussão pela sociedade foi ordenamento territorial, seguido de Meio Ambiente e em terceiro lugar Mobilidade e Transporte. As contribuições puderam ser registradas até o último dia 15 de outubro. Na fase propositiva, esse canal será novamente aberto para sugestões.

Previous post

Centro de Cultura Caipira e Arte Popular recebe “Ingredientes do Brasil"

Next post

Trecho da Heitor Penteado, em Joaquim Egídio, será bloqueado no sábado

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *