Home»Campinas»Ônibus terão reconhecimento por biometria facial

Ônibus terão reconhecimento por biometria facial

0
Shares
Pinterest Google+

capta

Um sistema que permite o reconhecimento por biometria facial é a novidade do transporte público de Campinas. A tecnologia, que começa a ser instalada agora, tem como objetivo evitar o uso indevido do cartão por usuários que usufruem algum tipo de benefício. São considerados beneficiários de gratuidade titulares dos seguintes Bilhetes Únicos: Escolar, Universitário, Gratuito (destinado a pessoas com necessidades especiais) e Gratuito Idoso.  

Para viabilizar o projeto, as concessionárias estão investindo R$ 6 milhões na aquisição de câmeras, validadores de cartões e sistema para toda a frota. O sistema consiste na instalação de uma câmera que registra o rosto da pessoa que passa na catraca com o Bilhete Único. Uma central de monitoramento identifica se o cartão pertence ou não à pessoa que o está usando, a partir da comparação das imagens capturadas dentro do ônibus, durante a passagem pela catraca, com as imagens de cadastro. Caso as fotos não batam com o cadastro, as imagens serão rechecagem manualmente por funcionários da Transurc para confirmar se se trata ou não da mesma pessoa. Caso fique confirmado que houve fraude, o bilhete é automaticamente bloqueado. “Atualmente, o número de fraudes contra o sistema de transporte público é alto. A utilização de benefícios por quem não tem esse direito acaba onerando o sistema, com prejuízos para toda a população”, afirma Paulo Barddal, diretor de Comunicação e Marketing da Associação das Empresas do Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc).  

Outro benefício da modernização do sistema de validação de cartões é a possibilidade de carregar créditos adquiridos há mais de 60 dias. Atualmente, esse tipo de ação somente pode ser feito pelo usuário na sede da Transurc, nos pontos de venda nos terminais e em mais de 300 estabelecimentos da Rede de Recarga. 

A expectativa é de que a partir de janeiro todos os ônibus da frota das concessionárias tenham o novo sistema instalado.

Previous post

Crédito consciente: Procon auxilia consumidor na renegociação de dívidas

Next post

Pobreza extrema no país cai a 2,8% da população, afirma Tereza Campello

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *