Home»Campinas»Prefeitura promove ação de educação contra dengue neste sábado,9

Prefeitura promove ação de educação contra dengue neste sábado,9

0
Shares
Pinterest Google+
Pipeta com amostra de água - Foto: Arquivo/PMC
Pipeta com amostra de água – Foto: Arquivo/PMC

A Prefeitura de Campinas promove neste sábado, dia 9 de maio, uma grande ação de educação, informação e mobilização social contra a dengue no Parque Dom Pedro, na região Sudoeste da cidade. O evento, com início às 9h, acontece na Escola Municipal Professora Elza Maria Pelegrini de Aguiar.

A ação integra o projeto Junto Contra Dengue e Chikungunya, que, inicialmente, será composto por cinco eventos a serem desenvolvidos um em cada região da cidade, sempre em uma escola. O sábado será o dia D do projeto que terá atividades intersetoriais desenvolvidas durante a semana.

A mobilização contra a dengue está prevista no Plano de Contingência contra a Doença e é fundamental no combate, já que combater e prevenir depende também da conscientização da comunidade e da mudança de comportamento das pessoas no sentido de promover um ambiente livre de mosquito. Pesquisas apontam que 80% dos criadouros estão nas casas habitadas.

“É importante associar cada setor da sociedade na luta contra a dengue. A Prefeitura tem intensificado constantemente seus trabalhos no combate contra o vetor e na assistência ao paciente. Mas isto não basta. É preciso uma cumplicidade entre poder público e sociedade civil”, explica a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Brigina Kemp.

A dengue é um problema de todos. Ao Poder Público cabe manter a cidade limpa e organizada e cuidar dos pacientes. A cada cidadão, cada segmento cabe fazer a sua parte de cuidado com o seu espaço e com a cidade que é de todos. O objetivo é chamar toda sociedade à responsabilidade.

 O projeto, coordenado pela Chefia de Gabinete, foi idealizado em conjunto por várias secretarias e cada uma vai desenvolver ações na sua área. A Secretaria de Serviços Públicos vai realizar mutirões de remoção de criadouros. A Secretaria de Educação, além de disponibilizar espaço para o Dia D, vai desenvolver trabalhos com os alunos, que serão expostos.

A Secretaria de Saúde irá realizar atividades de remoção de criadouros e orieteções a moradores. A Secretaria de Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, fará caminhada e ação socioambiental na semana que antecede o evento. A Sanasa irá disponibilizar tenda itinerante para orientação de telagem correta de caixa d’água.

A Secretaria de Relações Institucionais está articulando com conselheiros e representantes de Fórum do Orçamento Participativo, visando um maior engajamento da população local.

Também estão previstas palestras e oficinas sobre dengue, além de atrações culturais e atividades de recreação.

Nas demais regiões, os eventos serão realizados entre maio e julho. No dia 23 de maio, o Dia D será na Emef Odila Maria Rocha Brito, Bairro São Domingos, Região Sul. Na região Leste, será na Emef Raul Pila, Bairro Jardim Flamboyant, no dia 13 de junho. Já na Região Noroeste, a Emef Leão Vallerie, no Parque Valença, recebe o evento no dia 27 de junho. A Emef Narcisio Ehrenbergue, no Jardim São Marcos, Região Norte, encerra o primeiro ciclo das atividades no dia 4 de julho.

Previous post

Museu da Cidade recebe encontro de capoeira neste domingo

Next post

Taxa de desemprego sobe para 7,9% no primeiro trimestre

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *