Home»Cultura»Castro Mendes recebe a peça ‘Nem todo ladrão vem para roubar’

Castro Mendes recebe a peça ‘Nem todo ladrão vem para roubar’

0
Shares
Pinterest Google+
Peça foi sucesso de público em São Paulo e vencedor do Prêmio Miriam Muniz
Peça foi sucesso de público em São Paulo e vencedor do Prêmio Miriam Muniz

O Teatro Castro Mendes recebe neste sábado, 2 de maio, a peça ‘Nem todo ladrão vem para roubar’, de Dario Fo, na montagem do Coletivo Teatral Commune. A peça foi sucesso de público em São Paulo e foi vencedor do Prêmio Miriam Muniz de Teatro em 2014. A apresentação tem apoio da Secretaria Municipal de Cultura.

A apresentação será às 21 horas. Os ingressos, que estão à venda na bilheteria do teatro, custam R$ 30,00 (inteira); R$ 15,00 (meia); e R$ 20,00 (antecipado).

Trata-se de uma comédia, em estilo ligeiro, que conta a história de um ladrão que tenta assaltar uma casa de classe média alta, mas é surpreendido pelo Marido e sua Amante, que pensam que ele é um espião a serviço da Esposa. Eles ameaçam matar o Ladrão ou deixá-lo paraplégico para que não possa contar o que sabe. O Ladrão passa de bandido a vítima. A partir daí, a peça segue num ‘quiproquó’ de situações absurdas, no qual um tenta esconder a verdade do outro, com a chegada da esposa do marido, da mulher do ladrão, do amante da esposa e até de um segundo ladrão.

A comédia foi escrita em 1959. É uma farsa ágil e agradável repleta de intrigas, mentiras e disfarces. Na peça, o Ladrão e Sua Esposa são retratados como pessoas de princípios e profissionais com ética, enquanto os ricos são descritos como pessoas sem escrúpulos ou ética, que fazem qualquer coisa para alcançar o que querem. Qualquer semelhança com a atual realidade da elite brasileira não é mera coincidência.

A comédia ligeira ou vaudeville, de origem parisiense, é dirigida à pequena e média burguesia e de forte apelo popular. É construída a partir de uma trama repleta de intrigas, reconhecimentos, golpes e efeitos, sugestões maliciosas e uma salada sobre a vida amorosa.

Serviço

Data: 2 de maio, sábado

Horário: 21 horas

Local: Teatro Castro Mendes (Praça Correa de Lemos s/nº – Vila Industrial)

Ingressos à venda na bilheteria do Teatro: R$ 30,00 (inteira); R$ 15,00 (meia); R$ 20,00 (antecipado)

Informações: (19) 3272.9359

Horário de funcionamento das bilheterias: de 3ª a domingo, das 16h às 21h.

Previous post

Campinas tem 30.324 casos de dengue em 2015

Next post

Rota das Bandeiras reabre hoje acesso na Dom Pedro

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *