Home»Campinas»Dengue: Campinas já tem mais casos que em 2014

Dengue: Campinas já tem mais casos que em 2014

0
Shares
Pinterest Google+

30d9cc1bbac7c5c63b362dc4a5f66e2d

Os casos confirmados de dengue em Campinas já superam em 654% o mesmo período do ano passado, quando a cidade enfrentou a pior epidemia da doença. Até 18 de março de 2014, a prefeitura havia confirmado 706 ocorrências da doença. Em 2015, boletim do Estado divulgado ontem aponta 5.324 casos até o dia 20. A cidade já confirmou uma morte pela doença. A situação pode ficar pior, já que há 13.656 casos sendo investigados, número 1.222% maior que no ano passado, quando havia 1.033. Em 2015 houve também uma morte por dengue.

Com a atualização dos casos, o Executivo anunciou que passará a classificar novos casos suspeitos diretamente como dengue, prática adotada em cidades com epidemia, situação já admitida pela prefeitura. A administração liga o número de casos na cidade à alta de ocorrências no País e Estado. No entanto, enquanto o País teve alta de 139% em casos suspeitos em comparação a 2014, Campinas registrou a alta de 1.222%. O Executivo ainda aponta o clima de escassez de água como causa, justificando que a situação faz com que as pessoas estoquem água de forma irregular, aumentando o potencial de criadouros do mosquito transmissor da doença.

O prefeito Jonas Donizette (PSB) também já havia ligado o número de registros ao fato de pessoas de outras cidades buscarem atendimento em Campinas. A afirmação, no entanto, foi contradita pelo coordenador das ações de combate à dengue da cidade, André Ribas, que explicou que esses casos não entram para a estatística. Neste mês, Jonas sancionou a lei que modifica penalidades e obriga proprietários de imóveis fechados a fazer a limpeza dos locais no prazo de 48 horas. Antes, os donos de imóveis abandonados tinham um prazo de 60 dias, a partir da notificação.

Líder
Campinas lidera o ranking nacional de notificações entre os municípios com mais de um milhão de habitantes. O ano passado foi o pior da história em casos de dengue para Campinas, com 42.109 ocorrências da doença. Os piores meses ocorreram entre fevereiro e junho. Na região, Jaguariúna e Sumaré também já enfrentam epidemias.
Com informações do Jornal Todo Dia
Previous post

Chuva ultrapassa em quase 7% média histórica e nível do Cantareira volta a subir

Next post

Senado aprova fim das coligações partidárias em eleições proporcionais

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *