Home»Distritos Campineiros»Sousas: construção de novo PS causa confusão

Sousas: construção de novo PS causa confusão

0
Shares
Pinterest Google+

Moradores dão como certo o local a ser utilizado, mas a subprefeitura ainda aguarda uma confirmação

Área de lazer , com campo de futebol, está em construção, o que provoca confusão sobre o real destino do espaço - Foto: Paulo Planta
Área de lazer , com campo de futebol, está em construção, o que provoca confusão sobre o real destino do espaço – Foto: Paulo Planta

Por Paulo Planta

A construção de um novo posto de saúde em Sousas, anunciada em dezembro pelo secretário de Saúde, Carmino Antonio de Souza, está causando mais confusão do que comemorações no distrito. O problema é o lugar onde o prédio deve ser feito, uma área de lazer no Jardim Conceição. Representantes de moradores e de entidades representativas da sociedade civil dão como certo o local a ser utilizado, mas a subprefeitura já realiza outra obra no local.

A confusão é tanta que alguns moradores acreditam que a obra do novo posto já começou, por causa da instalação de alambrados, reforma de vestiários de um campo de futebol e a construção de alicerce para instalação de uma estrutura para um campo de areia. Esta obra, no entanto, é fruto de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) firmado entre a Administração e o MPE (Ministério Público Estadual), como explica o subprefeito Wander Villalba. A prefeitura se comprometeu, em 2013, a providenciar a desocupação do espaço público, que foi invadido e era usado irregularmente como ponto comercial, recuperar dois campos de futebol e devolver para a população.

Na semana passada, a assessoria do secretário de Relações Institucionais, Wanderley Almeida, chegou a confirmar para a reportagem que a obra seria mesmo na área de lazer. Segundo a assessoria, o local contará com um campo de futebol e com a nova unidade de saúde. A subprefeitura, no entanto, aguarda uma confirmação da obra, com a determinação do lugar, para retirar os operários do local.

Villalba diz que tem um compromisso assumido com o MPE e que não pode deixar de cumpri-lo. Ele aguarda uma comunicação oficial da prefeitura, de que o local abrigará a nova unidade de saúde. O subprefeito disse que ontem à tarde conversou com os secretários de Saúde e de Relações Institucionais, e que não recebeu a confirmação da área. Villalba disse que também apresentou outras opções de lugares para o novo posto de saúde, caso a Administração tenha interesse. Ele diz que quer a obra no Conceição, mas que precisa continuar a reforma da área de lazer, por causa do TAC firmado com o Ministério Público. “A reforma, segundo Villalba, vai continuar enquanto não existir a confirmação da construção do posto de saúde no local”.

De acordo com a assessoria da prefeitura, a praça conhecida como Campo Santo Antônio não será usada integralmente pelo novo centro de saúde. Uma parte será destinada ao campo de futebol. Esta área está sendo recuperada. Um muro de arrimo já foi construído, os vestiários estão em obra e telas já foram instaladas atrás dos gols. A segunda parte do terreno, que deverá abrigar o posto de saúde, também está em obras e já recebeu telas de proteção, além de alicerces para construção do campo de areia. Esse trabalho, junto com o material, será perdido, caso a construção do posto seja confirmada.

Segundo Messias Júnior, presidente da Associação dos Moradores do Nova Sousas, o secretário de Relações Institucionais garantiu a construção do posto de saúde no “Campo do Conceição”, durante reunião na prefeitura. “Ficamos contentes. O lugar é perfeito para o atendimento médico da população. É onde se concentra a maior parte da população que depende do SUS”, diz. Aparecido Ferreira da Silva, representante do distrito no Orçamento Participativo, também conta como certo o novo local para o Centro de Saúde. “Tivemos uma reunião com o Wandão (Secretário de Relações Institucionais) e ficou tudo acertado”, diz.

Área de lazer , com campo de futebol, está em construção, o que provoca confusão sobre o real destino do espaço - Foto: Paulo Planta
Área de lazer , com campo de futebol, está em construção, o que provoca confusão sobre o real destino do espaço – Foto: Paulo Planta

Novo local é encarado como emergência

O posto de Saúde de Sousas não comporta as cinco equipes médicas que tem hoje, segundo a atual coordenadora, Nicole Montenegro. Ela diz que a construção de uma nova unidade deve ser encarada como emergência. Hoje, ela não conta com salas suficientes para todos os profissionais que tem à disposição.

Segundo Nicole, o ideal seria construir a nova unidade no Jardim Conceição o mais rápido possível. Ela argumenta também que o novo posto pode ser construído em outro local, desde que seja rápido, apesar de achar o Jardim Conceição um lugar estratégico. “É onde tem a maior demanda por atendimento”, explica.

Autoclave

A autoclave, aparelho utilizado para esterilização de instrumentos cirúrgicos, voltou a funcionar, depois de mais de dois anos fora de atividade. Segundo Nicole, o trabalho na unidade de saúde vai ser otimizado com a máquina em funcionamento. “Não teremos mais funcionários parados por causa da falta de material que foi levado para esterilização”, comemora.

O material usado pela equipe de saúde de Joaquim Egídio, distrito vizinho, também passou a ser esterilizado em Sousas, o que significa economia de tempo e de combustível usados para o transporte do material. A autoclave de Joaquim Egídio está quebrada desde 2013. Assim como Sousas fazia, o distrito manda o material para outras unidades de saúde todos os dias. Como Sousas fica perto, a economia será grande.

Previous post

Microscópio mais potente do mundo é desenvolvido no Japão

Next post

CPAT de Campinas está com 250 vagas de emprego abertas

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *