Home»Distritos Campineiros»Violência no Carnaval de Barão Geraldo

Violência no Carnaval de Barão Geraldo

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Carnaval em Barão Geraldo começa com saques e arrastão

10363587_10203527681865907_4691849446440001481_n

Após o desfile do Bloco Berra Vaca, em Barão Geraldo, bandidos fizeram um arrastão pelas ruas do distrito e saquearam várias lojas; 13 suspeitos foram presos. Criminosos fizeram um arrastão e saquearam várias lojas na madrugada de sábado após o desfile do Bloco Berra Vaca, no distrito de Barão Geraldo, em Campinas. Além dos roubos, os criminosos depredaram vários estabelecimentos comerciais e até um banco.

Comercio_depredado_por_vandalos_em_Campinas_RCP_10

Pelas ruas do distrito, o cenário lembra o de uma guerra: cacos de vidro, garrafas quebradas, lixo e pedras por todos os lados. Dois comércios tiveram as vitrines estouradas e foram saqueadas. Várias lojas tiveram as portas e janelas danificadas em tentativas de arrombamento.

Um comerciante relatou que até as telhas foram arrastadas na tentativa de invasão pelo telhados. Comerciantes e moradores estão revoltados e culpam a Prefeitura e o secretário de Cultura Ney Carrasco pelo ocorrido, já que é a segunda vez que o distrito sofre esse tipo de ocorrência.

Segundo o relatos de moradores, o socorro da Polícia Militar chegou tarde demais. A bagunça começou por volta das 24h, quando a Emdec interditou a Avenida Santa Isabel, e o policiamento existente no local não foi suficiente para inibir a ação dos bandidos.

Comercio_depredado_por_vandalos_em_Campinas_RCP_04

Ao todo, foram detidos 11 adolescentes e dois homens. Os criminosos foram presos em um ponto de ônibus da Avenida Carlos Lacerda, na Vila União; no Terminal de Barão Geraldo, na Praça do Coco e no Terminal Central.

Os vândalos depredaram outros comércios na região, como uma loja de roupas e outra de biquinis, além de um banco.

Comercio_depredado_por_vandalos_em_Campinas_RCP_07

Recorrente

A depredação e saque não é novidade no distrito. No Carnaval do ano passado a situação foi a mesma e a Tropa de Choque da Polícia Militar foi acionada para conter a ação dos criminosos.

Secretario_de_Cultura_Ney Carrasco_fala_com_comerciantes_RCP_05
Secretário Ney Carrasco e o vereador Thiago Ferrari falam com os comerciantes locais

Com informações do Correio Popular

 

Post Anterior

CPFL Energia investirá R$ 253 mi no sistema elétrico

Próximo Post

Pesquisador da Unicamp tem artigos investigados

2 Comentários

  1. Cris
    fevereiro 15, 2015 at 11:03 am — Responder

    É bom lembrar que o BerraVaca! estava longe do centro de Barão, onde há anos se reúnem os pancadões e ocorrem as confusões.
    É bom frisar também que no cortejo do bloco, resumido em único quarteirão ao lado da praça do Côco, não foram registrados nenhum incidente ou violência, tão pouco arrastões, e que as pessoas puderam se divertir até o amanhecer, como toda a proteção policial devida.
    Nos entristece o vandalismo ocorrido no centro, e também preocupa a imagem que a população fica do Carnaval, associando a violência de poucos à festa de muitos, milhares, que estavam bem longe por sinal.

  2. Warney
    fevereiro 17, 2015 at 3:04 am — Responder

    Concordo com a pessoa acima. Mas acho um ABSURDO e estupidez falarem que aqui lo foi apenas “VANDALISMO” NÃO FOI VANDALISMO!!! FOI CRIME!!! Assalto, roubo, agressão, sequestro, violencia, invasão
    Foram apenas menores de idade se aproveitando da putaria que é esse pais que protege bandido menor de idade Tem que prender arrebentar e DESAPARECER com esses criminosos aqui para que o Carnaval corra em paz MUITA PM NELES! É o que faltou!

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *