Home»RMC»Cinco novos radares começam a operar nesta segunda-feira em Piracicaba

Cinco novos radares começam a operar nesta segunda-feira em Piracicaba

0
Shares
Pinterest Google+
Técnicos do DER e do Inmetro finalizam a instalação e calibragem dos novos radares - Foto:  Dener Chimeli / O Libera
Técnicos do DER e do Inmetro finalizam a instalação e calibragem dos novos radares – Foto: Dener Chimeli / O Liberal

Cinco novos radares localizados nas rodovias Luiz de Queiroz (SP-304), Margarida da Graça Martins, conhecida como estrada velha de Tupi (SP- 135) e Hermínio Petrin (SP-308) começam a funcionar a partir da 0h de segunda-feira (26/01).

A homologação dos novos pontos de fiscalização foi publicada no Diário Oficial na última quinta-feira (22/01). Só na SP-304 serão três novos radares nos quilômetros 168,05; 171,8 e 176,2. Na SP-308 um novo radar entrará em funcionamento no quilômetro 174,6 enquanto na SP-135 no quilômetro 13,45.

De acordo com o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) as vias encontram-se sinalizadas com placas indicando o limite de velocidade e a existência de fiscalização eletrônica nos trechos.

Em outubro do ano passado, o DER informou que dez novos radares — oito fixos e dois inteligentes — começariam a operar na SP-304 no trecho entre os quilômetros 146 e 182, que pertencem a Piracicaba.

No começo do mês, quatro novos radares fixos já entraram em operação na rodovia nos quilômetros 140,6; 150,3; 152,7 e 173,4. Com isso, apenas um radar fixo ainda não começou a funcionar na rodovia. Quando todos os novos equipamentos passarem a operar, o trecho terá em média um radar a cada dez quilômetros.

O objetivo do DER com a implantação dos novos equipamentos é reduzir o número de acidentes e mortes na rodovia.

Em 2013, 30.663 veículos trafegaram pela SP-304, de acordo com as estatísticas do departamento.

Inteligentes

Três radares com a tecnologia OCR (Reconhecimento Óptico de Caracteres), conhecidos como radares inteligentes, já estão funcionando nos quilômetros 155,85 e 171,15 — nos dois sentidos — da SP-304.

O DER informou que os equipamentos não atuam na fiscalização e servem apenas para fornecer informações ao motorista sobre a condição da via e o tempo de viagem pelo trecho.

A nota do órgão destacou que a placa do veículo é monitorada num determinado trecho, o que apontará o tempo de percurso.

O departamento anunciou que essa informação é importante para ajudar o usuário a planejar melhor a viagem, evitando sair em horários de grande congestionamento.

O departamento também esclareceu que a ausência da fiscalização dispensa a necessidade de homologação, por isso os equipamentos passaram a funcionar tão logo foram instalados.

 Jornal de Piracicaba

Previous post

Dias adicionais em conta de água fazem morador pagar mais

Next post

Brasil tem déficit de US$ 90,9 bilhões nas contas externas em 2014

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *