Home»RMC»Estiagem em 2014 aumentou em 17,95% número de queimadas em rodovias do Corredor Dom Pedro

Estiagem em 2014 aumentou em 17,95% número de queimadas em rodovias do Corredor Dom Pedro

0
Shares
Pinterest Google+

Concessionária Rota das Bandeiras registrou 703 focos de incêndio no ano passado

Equipe da Concessionária Rota das Bandeiras combate incêndio às margens de rodovia Foto: Divulgação / Rota das Bandeiras
Equipe da Concessionária Rota das Bandeiras combate incêndio às margens de rodovia
Foto: Divulgação / Rota das Bandeiras

A estiagem no Estado de São Paulo em boa parte do ano de 2014 fez disparar o número de ocorrências de incêndios nas cinco rodovias que formam o Corredor Dom Pedro. Durante os 12 meses do ano passado, a Concessionária Rota das Bandeiras registrou 703 focos às margens das rodovias. O número é 17,95% superior ao registrado em 2013, quando foram 596 ocorrências.

A ausência das chuvas deixa a vegetação mais seca e ela acaba se tornando em uma espécie de combustível para o início dos incêndios e a expansão do fogo. O número de atendimentos realizados pela Concessionária com auxílio de caminhão-pipa acompanhou a evolução dos dados referentes a incêndios. Foram 520 atendimentos no ano passado, número 21,49% superior ao de 2013. Dois meses específicos, normalmente chuvosos, tiveram uma alta variação: em fevereiro de 2014, foram 62 casos, ante 13 de 2013; em outubro, foram 44 em 2014 e 16 no ano anterior.

Além da Concessionária, o combate ao fogo também é realizado pelo Corpo de Bombeiros, principalmente em eventos de grande proporção. Entre os principais fatores causadores de incêndio estão cigarros arremessados por motoristas nas rodovias, utilização de fogo para limpeza de terrenos, queima de lixo, fogueiras, queimadas para fins agrícolas não autorizadas e balões.

Segurança

Além do prejuízo ao meio ambiente, nas rodovias os incêndios também podem comprometer a segurança do motorista, já que a fumaça reduz a visibilidade, aumentando o risco de acidentes.

“Caso o motorista se depare com um incêndio, é necessário que ele acione o farol baixo e aumente a distância do veículo da frente. Além disso, é importante não ligar o pisca alerta e nem parar na faixa de rolamento”, destaca o gestor de tráfego da Rota das Bandeiras, José Carlos Guimarães.

Outra medida importante é acionar o Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) da Rota das Bandeiras. O telefone é o 0800-770-8070. O serviço funciona 24 horas, sete dias por semana.

Previous post

Alckmin diz que não tem previsão para uso de 3º volume morto

Next post

Campinas elege Rei Momo e Rainha do Carnaval sábado na Estação Cultura

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *