Home»Campinas»Projeto de pavimentação na APA Campinas vai a votação nesta 4ª feira, 10

Projeto de pavimentação na APA Campinas vai a votação nesta 4ª feira, 10

0
Shares
Pinterest Google+

_DSC1370
Na 77ª sessão ordinária da Câmara Muncipal, convocada para esta quarta-feira, consta da ordem do dia, como segundo ítem da pauta, o projeto de pavimentação das estradas da APA Campinas, de autoria do veredador Luiz Cirilo.

O projeto pretende autorizar a pavimentação articulada nos bairros Gargantilha, Carlos Gomes e Monte Belo, por meio da colocação de paralelepípedos, método autorizado para regiões que pertencem a APAs (Área de Proteção Ambiental).

Estrada com cascalho leva aos Bairros Monte Belo, Gargantilha e Carlos Gomes
Estrada com cascalho leva aos Bairros Monte Belo, Gargantilha e Carlos Gomes

Trata-se de 2ª discussão e votação de projeto aprovado em setembro, do substitutivo total ao projeto de lei complementar nº 9/13, processo nº 213.046, de autoria do Senhor Luiz Cirilo, que cria o inciso VI, caput e alíneas ‘a’ e ‘b’ no art. 74 da Lei Municipal nº 10.850, de 7 de junho de 2001.

O projeto tem parecer favorável da Comissão de Constituição e Legalidade, favorável ao projeto original com emenda. A Comissão de Política Urbana, deu parecer favorável ao substitutivo total.

Previous post

Obelisco do Ibirapuera é restaurado e modernizado

Next post

Campinas tem regulamentada lei sobre potencial construtivo de bens tombados

2 Comments

  1. Ricardo
    dezembro 10, 2014 at 1:36 am — Responder

    Pavimentar irá aumentar a expansão imobiliária, mais destruição na APA.

    • Roberta
      junho 24, 2015 at 2:11 pm — Responder

      Pavimentar com bloquetes é uma solução viável e entre os seres humanos também devem ter sua proteção em seu ambiente de vida (ambiental) fazemos parte da fauna brasileira também. Gasto centenas de reais com medicamentos, antialérgicos devido ao pó das estradas ou corro o risco de atolar o carros nos dias de chuva. Será que não há de se pensar no ser humano que vive há décadas nessa região, que depende de transporte público ou próprio para trabalhar e que não tem o mesmo poder aquisitivo de outras regiões de APAs como o de Souza e Joaquim Egídeo.
      Venha nos visitar de ônibus em dias chuvosos ou nas estiagens. Minhas filhas tem direito à saúde e cuidados como dever da família, sociedade e estado conforme estatuto.
      A população deste local é uma população pacífica que muitos compraram seus lotes com sacrifício há mais de 30 anos e espera até hoje por um direito básico. Guardo meus iptu para mostrar.
      Agradeço a compreensão daqueles que olharam para essa população que não fecha rodovias, não faz panelaço mas tenta apenas pelos trâmites normais conseguir um pouco de qualidade de vida.
      A água encanada, via SANASA, foi uma conquista da época do falecido Prefeito Toninho, que veio até aqui e viu nossa situação. Apesar de ter falecido antes de termos essa conquista ele deixou os encaminhamentos e sua equipe assim cumpriu um compromisso.
      Agora é hora de valorizar novamente e sensibilizar-se dessa população pacífica, que não invadiu propriedades, comprou com esforço e aguarda pacificamente soluções que não agridam o meio ambiente, principalmente o humano que também é um animal , dito racional, que faz parte desse meio ambiente.
      Quem passa noites medicando crianças para conseguirem respirar saberão e compreensão da urgência dessa pavimentação alternativa. Questão de saúde pública.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *